Banner SessaoCamaraMaioTaxi

Clandestinos fazem pressão contra lei da multa

Matéria deve ir à pauta de votação semana que vem

Os motoristas “pirangueiros” que trabalham com táxi lotação nos bairros mais afastados de Rio Branco foram até a Câmara de Vereadores para fazer pressão.

Na próxima semana deve entrar em votação, no Legislativo, projeto de lei do Executivo que estipula multa de quase mil reais para quem for flagrado fazendo transporte clandestino.

Segundo os motoristas, são mais de 150 pessoas trabalhando com táxi lotação. O grupo afirma que transporta apenas aqueles passageiros onde os coletivos não vão, e a atividade não vai tirar o lucro dos taxistas, mototaxistas e as empresas dos coletivos. Eles foram pedir que a prefeitura regularize o serviço para que saiam da ilegalidade.

Não será uma tarefa fácil impedir que o projeto seja aprovado na Câmara. Os vereadores da base são a maioria, e os vereadores de oposição preferem não polemizar a matéria. Por enquanto, apenas o vereador Raimundo Vaz vota contra o projeto e pede a regularização do que ele chama de taxi social.

A prefeitura já adiantou que não vai retirar o projeto, que além da multa, de quase mil reais, apreende o veículo. A RBtrans já ampliou a fiscalização e assim que a lei for sancionada pelo prefeito vai ser difícil o trabalho para quem for clandestino.

Deixe uma resposta