Thumb Rochaabril2014

Clima eleitoral já toma conta dos debates na Aleac

Rocha lembra Aluizio Bezerra para cutucar Perpétua Almeida

O debate em torno do assunto não acrescentou nada de novo, mas expôs o clima eleitoral que já domina o comportamento dos parlamentares na Assembleia Legislativa. A oposição voltou duas décadas no tempo para dizer que o mérito da luta em defesa dos soldados da borracha pertence a quem primeiro levantou essa bandeira, o senador Aluízio Bezerra.

“Foi Aluizio Bezerra quem conseguiu, depois de décadas, o mínimo reconhecimento para os soldados da borracha , com uma aposentadoria especial no valor de dois salários mínimos”, lembrou o deputado Wherles Rocha (PSDB)

O objetivo da oposição foi atingir a deputada federal Perpétua Almeida(PCdoB), que também defende a causa dos soldados da borracha. O colega de partido dela, deputado Eduardo Farias(PCdoB), reagiu. “ Quem conhece o mínimo de política sabe que o objetivo do deputado Rocha com esse pronunciamento é atingir a deputada Perpétua”, afirmou Farias.

O líder do PT na Assembleia, deputado Geraldo Pereira (PT) engrossou o coro de vozes em defesa de Perpétua Almeida, que é pré-candidata ao senado pela Frente Popular. “ As críticas veladas do líder do PSDB à deputada são injustas”, disse Pereira.

A experiente deputada Antônia Sales(PMDB), recém lançada pré-candidata a vice-governadora pela oposição, adotou postura mais sábia, reconheceu o valor de todos os que defenderam os soldados da borracha. “A digníssima deputada Perpétua Almeida merece todo o respeito do povo do Acre, por ser uma deputada combativa”, afirmou Antônia Sales.

Um lampejo de sinceridade veio do líder do governo na casa, deputado Astério Moreira(PEN), que assumiu ser esta uma discussão inócua, apenas com objetivos eleitorais, e com a perspectiva de ficar pior. “ É a antecipação da campanha eleitoral, é assim mesmo, e vai esquentar ainda mais”, declarou Astério.

Para não ficar de fora do debate, o deputado Luiz Tchê(PDT) resolveu dar um puxão de orelha nos colegas, dizendo que todos devem ser esforçar para discutir questões de maior relevância. “ As vezes nós perdemos nosso tempo debatendo coisas que já estão definidas, quando poderíamos debater assuntos mais importantes para o estado”, afirmou Tchê.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*