210217-politica-danielzen-cedida2

Composição de comissões domina debate na Aleac

“Reajuste” de servidores chega à Aleac

Nesta terça-feira (21), os deputados estaduais deram início à criação das comissões na Assembleia Legislativa, na ocasião também foi levado ao debate os projetos que tratam dos reajustes salariais dos servidores públicos.

O Estado conta com uma folha de pagamento de mais de R$ 1 bilhão anual. Caso os projetos sejam aprovados somente este ano haverá um impacto de R$ 124 milhões. Ao todo 11 categorias já negociaram com o governo desde o ano passado, apenas os agentes penitenciários e técnicos agrícolas ainda estão debatendo sobre o assunto.

As maiores mudanças foram apresentadas no Plano de Cargo e Carreiras (PCCR) dos policiais civis e servidores da Casa Civil, além de ajustes significativo do piso salarial dos servidores do Detran, as demais categorias tiveram mudanças apenas nas tabelas.

O deputado do PT e líder do governo na Aleac, Daniel Zen, explicou de que forma serão repassados esses reajustes. “São aumentos escalonados em três parcelas que iniciam a maioria deles em julho desse ano e encerram no início do ano de 2018, com exceção da educação a parcela do aumento começa já agora no pagamento de março”.

A expectativa é que os projetos sejam votados ainda nesta semana, tendo em vista o feriado prolongado de carnaval na próxima semana, para isso as categorias serão ouvidas e nos próximos dois dias os deputados vão debater os projetos. “É uma ansiedade dos servidores, que aguardam essas negociações. (…) é preciso ver se está de acordo com que foi negociado com o governo e se estiver de acordo a gente vota”, pontuou o deputado Raimundinho da Saúde.

Marileide Martins, representante do Sinteac (Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Estado do Acre), esteve na Aleac para acompanhar de perto dos debates. Segundo ela, a proposta assinada em dezembro do ano passado pelo governo garantia reajuste salarial de 19,49% aos professores e 23,79% aos servidores do administrativo.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*