Cor azul: MPAC abre investigação para apuração sobre pinturas

A promotoria irá investigar irregularidade perante leis nos códigos de transito nacional e municipais

O MPAC (Ministério Público do Acre) abriu um inquérito civil de apuração em relação as pinturas na cor azul, realizada pela prefeitura de Rio Branco em espaços públicos do município. A portaria foi divulgada na segunda-feira,09, no Diário Eletrônico do ministério.

Na semana do dia 4 de maio, data em que foi pintada as faixas de pedestre no centro da cidade, a prefeitura usou como justificativa que outras cidades fazem uso de cores alternativas nas faixas. Em seguida, a justificativa apresentada é por conter a cor azul no brasão do município.

Em fala para TV Gazeta, o diretor de transito da RBTrans, João Marcos, afirma que o MP está cumprindo o papel de órgão fiscalizador e a prefeitura de trazer maior visibilidade aos condutores. “Estamos trazendo uma inovação que já acontece no país inteiro, um fundo azul para destacar mais e trazer maior visibilidade para todos que trafegam pelo centro de Rio Branco e também por toda a cidade”, finaliza.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*