thumb radar

CPI vai ouvir reclamações de motoristas multados

Canal de comunicação será aberto na semana que vem

Os membros da CPI do Radar da Câmara de Vereadores de Rio Branco vão abrir na próxima semana uma canal de comunicação para que a sociedade possa conversar com os vereadores, e, apresentar as denúncias e sugestões sobre o funcionamento e as multas aplicadas com os radares e lombadas eletrônicas.
Essa é a segunda etapa da CPI, que passa ouvir os maiores interessados na investigação: os motoristas. Primeiros serão ouvidos os segmentos como a recém-criada Associação dos Motoristas Multados pelos Radares. Mas, todas as pessoas que se sintam prejudicadas podem procurar a Comissão. A CPI quer montar um relatório que apresenta mudanças que melhore o trânsito e diminua a carga no bolso do motorista.
Os membros da Comissão do Radar já ouviram a diretora de Detran, Sawana Carvalho, e o presidente da RB trans, Ricardo Torres. Os dois órgãos repassaram diversos documentos, mas ainda falta enviar a quantidade de multas aplicadas com os radares e quanto foi arrecadado.
À RB trans foi pedido relatório similar, metade do valor arrecadado vai para o órgão que cuida do trânsito no município, ele vai ter que explicar onde aplicou o dinheiro.

Deixe uma resposta