thumb gladson

Creches: Gladson alerta prefeituras sobre prazos

Gestores municipais devem cadastrar pedidos de recursos

Nesta quarta-feira, 30, foram expedidos ofícios, através do gabinete do deputado federal Gladson Cameli (PP-AC), com o último chamado para que as prefeituras dos municípios pré-selecionados solicitem recursos destinados à construção de creches em 2014. O prazo encerra amanhã (31). No Acre, sete cidades foram contempladas, e em todo país são 1.227 pré-selecionados para a edificação de 3.011 unidades.

Os sete municípios do Acre pré-selecionados são: Acrelândia, Assis Brasil, Bujari, Cruzeiro do Sul, Marechal Taumaturgo, Plácido de Castro e Rio Branco. De acordo com o parlamentar, é muito importante que os gestores se mobilizem para estarem aptos e com projetos bem elaborados.

“Esta é uma iniciativa que vem de encontro às necessidades de nossas famílias, pois na realidade atual, onde marido e mulher trabalham para melhorar a renda do casal, é fundamental a existência de uma instituição para abrigar as crianças com segurança e atendimento adequado ao seu crescimento”, comentou Gladson Cameli.

Para a construção, os projetos de creche devem ser aprovados pela área técnica do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), que apresenta aos gestores dois projetos padronizados. O tipo B tem capacidade para 240 crianças em dois turnos ou 120 em turno integral. O tipo C atende 120 crianças em dois turnos ou 60 em tempo integral.

Nas capitais e grandes cidades, são financiados projetos de escolas de educação infantil desenvolvidos pelo próprio município, os chamados projetos tipo A, desde que atendam padrões de qualidade exigidos pelo FNDE.

Já para as creches do tipo B e C, serão adotadas metodologias inovadoras de construção destinadas a acelerar as obras e garantir durabilidade, qualidade e custos compatíveis com os preços de referência do FNDE.

Os gestores municipais devem cadastrar os pedidos de recursos para as obras no Sistema Integrado de Monitoramento, Execução e Controle do Ministério da Educação (Simec).

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*