Delegado do Gefron diz ser contra construção de estrada na Serra do Divisor

Rêmulo Diniz coordenada o Grupamento Especial de Fronteira no estado

Em conversa com o jornalista Itaan Arruda, no Gazeta Entrevista, o delegado Rêmulo Diniz, coordenador do Grupamento Especial de Fronteira (Gefron) no Acre disse que sua opinião particular sobre a construção da rodovia federal que corta o Parque Nacional da Serra do Divisor é contrária ao projeto.

Existe um projeto na Câmara Federal que visa criar uma estrada que corta o Parque Nacional da Serra do Divisor, em Cruzeiro do Sul. Esse plano antigo, foi idealizado na época do regime militar brasileiro, entretanto, historicamente a construção de estradas nessa região traz um impacto negativo.

“Nós devemos investir na estrada que já existe, que é o Transpacífico, já que nós temos problemas críticos naquela região, que é a produção em massa de cloridrato de cocaína, e teríamos um problema de polícia e social agravado”, afirmou Diniz.

Além disso, na última quarta-feira (15), diversos grupo indígenas estiveram reunidos em assembleia no Peru para denunciar a construção, que eles consideram ilegal, de uma estrada chamada UC-105, que se for finalizada eles entendem que vai prejudicar a qualidade dos rios Juruá e Amônia, no Acre, impactando as pessoas da região do Juruá.

Deixe uma resposta