Banner-Edvaldo-e-Eber

Deputados do PSDC proibidos de votar matérias do Executivo

Edvaldo Souza e Eber Machado tomaram ciência da decisão nesta terça

Os deputados estaduais Edvaldo Souza e Eber Machado, ambos do PSDC, tomaram ciência nesta terça-feira, através do presidente regional do partido, Afonso Fernandes, que estão proibidos de votar projetos de Executivo sem que antes tais projetos sejam pautados pelos membros da executiva nacional do partido.

Isso significa que os deputados que representam o PSDC na Assembleia Legislativa do Acre poderão ter autonomia parlamentar, menos no que se refere a votar os projetos encaminhados pelo governador.

Segundo Afonso Fernandes, a decisão foi tomada durante um encontro nacional do partido, realizado no Espírito Santo no último fim de semana. Todos os deputados da legenda estariam sendo obrigados a levar as matérias do executivo, para apreciação das lideranças partidárias.

Ao ser questionado sobre o assunto, o deputado Edvaldo Souza confirmou a notícia. “Eu encaro esta orientação com naturalidade, afinal de contas, todos os partidos fazem este tipo de coisa. Estou disposto a acatar”, declara.

Deixe uma resposta