thumb sibaermicio

Eleições internas do PT acontecem no próximo domingo

No Acre, Sibá Machado e Ermício Sena concorrem à presidência

No próximo domingo, 10, militantes do PT de todo o país vão às urnas escolher os novos dirigentes da legenda. O processo de eleições diretas do Partido dos Trabalhadores acontece de forma simultânea em todo o país, para compor a nova direção nacional do partido e os novos dirigentes dos diretórios estaduais e municipais. No Acre, concorrem ao cargo de presidente estadual do PT o deputado federal Sibá Machado e o assessor especial do governo, Ermício Sena.  

A disputa divide o partido. De um lado ficou a chamada velha-guarda do PT, que forma a corrente interna denominada democracia socialista, apoiando Sibá Machado. Do outro lado ficou a corrente denominada democracia radical, que tem como candidato Ermício Sena, apoiado por figuras como os senadores Jorge Viana e Aníbal Diniz, o governador Tião Viana, o prefeito Marcos Alexandre, entre outras lideranças.  

Os dois grupos fazem a defesa ferrenha de suas teses, e tentam anular os argumentos do adversário, inclusive com troca de acusações, onde um tenta desqualificar o outro. Ermício Sena, se referindo a seu rival Sibá Machado, diz que “ o presidente tem que ficar no PT, é por isso que eu vou abrir mão de ser candidato a deputado estadual, vou abrir mão do meu cargo de secretário do governo Tião Viana, para me dedicar integralmente ao PT”.

Já o deputado federal Thaumaturgo Lima, vice na chapa de Sibá Machado, defende o companheiro afirmando que “tem um discurso que não prospera, que é dizer que o Sibá Mora em Brasília. O Sibá trabalha em Brasília e mora no Universitário, tem toda uma história dentro do PT é um grande nome e está como vice-líder na Câmara Federal”, afirma Thaumaturgo.  

Além da presidência estadual do PT, também será escolhida a nova executiva regional, composta de vários cargos. E é como se fosse uma outra eleição, nesse caso são quatro chapas disputando.

Esta é a última semana de campanha para os dois candidatos a presidente estadual do PT e as quatro chapas que disputam o diretório regional. Dos 7.000 filiados do PT no Acre, 3.200 estão aptos a votar. Em Rio Branco a votação vai acontecer na sede regional do partido. S[o na capital são 852 militantes com direito a voto.

Apesar da disputa acirrada os dois grupos dizem que tudo faz parte da democracia e que passadas as eleições internas do PT todas as correntes estarão unidades defendendo o projeto de governo da Frente Popular com o objetivo de vencer as eleições do próximo ano.

Deixe uma resposta