thumb siba

Eleições PT: comissão veta junção de Sibá e Taumaturgo

Corrente Democracia Radical manterá candidatura

Após a oficialização da candidatura do sociólogo Ermício Sena à presidência do PT/Acre pela corrente Democracia Radical, e tendo o apoio do governador Tião Viana, a disputa interna ganhou novo capítulo nesta segunda: a comissão eleitoral vetou a junção das candidaturas dos deputados federais Sibá Machado e Taumaturgo Lima. O motivo seria por o prazo para esta costura já ter sido ultrapassado.
A manobra, porém, foi vista pelos grupos dos parlamentares como uma reação à união, que poderia provocar sérios danos a Ermício. O nome de Sibá é visto como o mais capaz de unir os “petistas orgânicos” descontentes com a atual conjuntura do partido.
Mesmo com esta decisão, a Democracia Socialista (EPS), corrente de Taumaturgo Lima, vai manter a candidatura ao diretório. Na eleição do PT se disputa não somente o cargo de presidente, mas a representação na Executiva Regional.
A DS em conjunto com a corrente Esquerda Popular Socialista (EPS) renuncia a candidatura de Taumaturgo, mas continuará campanha ao diretório. Com esta divisão, os votos tendem a ser mais pulverizados, equilibrando a disputa interna.
A expectativa dos grupos menores do partido é, com esta estratégia, reduzir o poder de fogo da DR dentro da Executiva. (Os cargos são distribuídos conforme a votação de cada chapa). Independentemente de quem saia como vencedor, a perspectiva é da composição de uma Executiva mais plural.

Deixe uma resposta