thumb prefeito

Em 10 meses, prefeito cumpriu mais de 2 mil agendas

Marcus Alexandre destaca a redução no preço de passagens

A frente da prefeitura da maior cidade do estado desde janeiro deste ano, Marcus Alexandre(PT) cumpriu 2600 agendas, média de 11 por dia. Durante participação no ‘Gazeta Entrevista’, da TV Gazeta, ele fez um balanço da gestão, anunciou investimentos e respondeu perguntas dos telespectadores.

O primeiro assunto abordado pelo prefeito foi mobilidade urbana. Marcus citou  mudanças de sentidos em algumas vias(Nações Unidas, Seis de Agosto) e por meio do Plano de Aceleração do Crescimento, PAC, do governo federal, serão investidos R$ 57 milhões em duplicação de estradas e avenidas a partir de 2014.

Segundo Marcus, o terminal de integração da Baixada da Sobral deve ficar pronto em novembro. Já o da Ufac deve ser licitado ainda este ano. Ao todo, cinco pequenos terminais serão construídos na capital acreana.

Alexandre também lembrou a redução no preço da passagem do transporte coletivo. “Em abril, 60 mil estudantes foram beneficiados com passagem a R$ 1 e queremos incentivar a bilhetagem eletrônica. Isso tira o dinheiro de dentro do ônibus e evita o constrangimento do troco”, disse.

Quem utiliza o cartão paga R$ 2,35 pela viagem. O líder do executivo municipal ainda ressaltou que 25 novos ônibus devem entrar em circulação. Alexandre também comentou o episódio envolvendo a vereadora Roselane Jardim(PRP).

Roselane postou uma foto na internet em que aparece tampando um buraco. “Na política todos têm espaço. Respeito a vereadora e opiniões diferentes. Também me incomodo quando vejo buraco na rua”, enfatizou.

De acordo com o prefeito, cinco equipes do município fazem o serviço de reparos urbanos na cidade. “O maior desafio não é o asfalto, mas a drenagem”, citou o engenheiro civil. Marcus também falou sobre a arrecadação do IPTU, Imposto Predial e Territorial Urbano.

Em 2013, o valor pago já é 30% maior que o ano anterior. Quem estiver em dia com o imposto vai concorrer R$ 60 mil em prêmios. Questionado sobre o pedido de empréstimo feito pela prefeitura, ele ponderou: “o gestor não faz empréstimo sem aprovação da câmara[de vereadores] e tesouro nacional.”

Marcus Alexandre finalizou a entrevista falando sobre saúde. O prefeito comemorou a criação do programa ‘Mais Médicos’ e admitiu que Rio Branco tem defasagem no número destes profissionais. Para atender a demanda na rede pública seria necessário contratar 91 médicos. Ele ainda afirmou que na próxima semana, 25 profissionais em medicina chegam a cidade.

Deixe uma resposta