sala-de-aula

Em 15 anos, salário de professor em início de carreira reajustou em 450%, diz Zen

Secretário da Educação esclarece alguns pontos sobre a remuneração

da categoria. O salário do professor da rede estadual de ensino teve reajuste de 450,85% em 15 anos, de acordo com o secretário estadual de Educação, Daniel Zen. Esse reajuste faz parte da remuneração dos professores com nível superior, em início de carreira.

Segundo o secretário, em 1998, o salário do professor nessa categoria era de R$ 446,03 e passou para R$ 2.010,95 em janeiro deste ano.

“Se fôssemos reajustar o salário de 1998 com a inflação acumulada no período de janeiro de 1998 a janeiro de 2013 (153,30%), segundo o índice IPCA-A, do IBGE, teríamos um salário atual de somente R$ 1.129,80”, esclareceu em sua página oficial do Facebook.

Ele ressalta ainda que a política de valorização salarial não só repôs as perdas inflacionárias na sua integralidade, como resultou em um crescimento real de cerca de 300% (297,55% precisamente) nos salários.

“É claro que esse não é o patamar que desejamos para a categoria, é necessário avançar mais, chegar a um piso salarial maior. Mas a política é a arte do possível. E o limite dessa possibilidade é, muitas vezes, orçamentário ou jurídico. Não adianta propor algo que não será exequível”, disse.

Imbróglio
Professores da rede estadual e municipal de ensino continuam em greve por aumento salarial. As negociações votaram a estaca zero na semana passada após onze dias com as atividades paradas nas unidades escolares. A categoria planeja acampar em frente a Casa Rosada ou na Secretaria Estadual de Educação para pressionar o governo a atender as reivindicações.

Segundo o presidente do Sindicato dos Professores Licenciados do Acre (Sinteac), João Sandim, o governo voltou atrás em acordos já estabelecidos em negociações anteriores. Os pontos retirados do acordo, segundo o presidente, dizem respeito ao aumento salarial. Trata-se da chamada ‘puladinha extra’, a isonomia dos provisórios e o reenquadramento dos professores.

A partir desta segunda-feira, 8, o comando de greve junto com os sindicatos começam a elaborar uma nova proposta. 

Deixe uma resposta