2909-politica-releasebocalom-assessoria

Em comício, Xapuri diz “sim” a Bocalom

Princesinha do Acre decebeu Bocalom e Duarte

Em uma gigantesca concentração na rua principal do município de Xapuri, em frente à Associação dos Servidores Municipais (Assemux), as Caravanas 25 e 33 fizeram mais um comício que se transformou em uma grande festa. Impactado pelo entusiasmo e esperança dos moradores, o candidato governo do Acre, Bocalom, ao expor as propostas do projeto Produzir Para Empregar, reafirmou que, se eleito, o Estado do Acre vai ser alvo de manchetes boas, no Brasil e na imprensa internacional.

A revolução proposta por Bocalom começa pela produção agrícola, o que, segundo ele, gerará emprego e renda com industrialização dos produtos, com proteção e incentivos ao comércio, completando, assim, uma bem definida cadeia produtiva. “Temos terras boas, um povo trabalhador e uma situação geográfica privilegiada. O que está faltando é uma política de governo”, assim avaliou o candidato, para quem jamais haverá desenvolvimento sem geração de riquezas e distribuição de renda.

Emocionado, o candidato prometeu devolver o título de “Princesinha do Acre” a Xapuri. “Eu acredito na força do trabalho e no espírito empreendedor de vocês. Estamos em uma região estratégica e rica em recursos naturais. Vamos fazer os serviços básicos funcionarem, dar oportunidades às pessoas e construir uma nova página na história política acreana, que terá o povo como principal protagonista”, disse Bocalom, assegurando que seu governo terá como prioridades a transparência e participação popular.

A militância recepcionou o candidato ao Senado, Roberto Duarte, que assumiu o compromisso de, caso seja eleito senador, em obter inúmeras formas de recursos para desenvolver a região. “Pretendo captar verbas junto à Suframa e estamos comprometidos em fazer o saneamento básico, porque os esgotos, além de poluir os mananciais, é a principal causa de morte na população menos favorecida”, disse ele indignado com a carência de infraestrutura na cidade.

Para Roberto Duarte, um senador pode articular, intermediar e promover, junto aos ministérios, pleitos, gestões e discussões de interesses do Estado, entre outras ações parlamentares, sempre visando novos investimentos para o desenvolvimento socioeconômico do Acre.

Deixe uma resposta