banner-pep

“Essa vaga é das mulheres”, diz Perpétua

“Essa vaga é das mulheres”, diz Perpétua

Depois de tantas especulações, o mistério acabou. Perpétua Almeida(PC do B) é a candidata única da Frente Popular ao Senado Federal. O anúncio foi feito na última segunda-feira, 17. O discurso de renúncia do senador Aníbal Diniz(PT) emocionou a deputada federal. “Ninguém faz aquele discurso de renúncia se não tiver de coração aberto”, expressou.

Agora como pré-candidata, ela falou que os cargos são ocupados apenas por homens e agora chegou a vez de uma mulher. Caso seja eleita, Perpétua pode ser a segunda senadora eleita pelos acreanos. “Essa vaga é das mulheres”, falou. Sobre a decisão que tirou Aníbal da disputa, a deputada disse que alguém sempre tem que ceder.

Perpétua citou o próprio exemplo. “Lembra da última eleição[para prefeitura da capital] que eu deveria ser a candidata?”, questionou. Ela destacou a história de Diniz dentro da FPA e também como parlamentar. Perguntada em relação as duas vagas de suplência, a deputada deixou claro que a decisão final é de Tião Viana. “Acredito que o governador vai acertar”, expôs.

Quando o assunto é a política, Perpétua enfatizou que a população está cada vez mais exigente. Prova disso são as manifestações populares que ocorreram em várias partes do país. “As pessoas querem atitudes novas e uma aproximação com o político”, declarou.

Relatora da Pec dos soldados da borracha na Câmara Federal, a parlamentar acredita que a votação no Senado para o pagamento dos R$ 25 mil de indenização seja realizada no próximo mês. “Primeiro temos que garantir esse dinheiro e depois brigar pela vinculação do salário ao INSS”, finalizou.

Deixe uma resposta