protesto-cila

Ex-funcionários da Cila protestam na Aleac

Servidores pedem apoio aos deputados

Servidores da extinta Companhia Industrial de Laticínios do Acre (Cila) estiveram na manhã de quinta-feira, 27, na Assembleia Legislativa do Acre para pedir apoio dos deputados para receberem seus direitos trabalhistas, que estão sendo protelados pelo estado há mais de 20 anos.

Muitos dos protestantes argumentavam que o estado possuía condição de pagar pensões com valores altos aos ex-governadores, porém, em relação aos seus direitos, eram ignorados.

De acordo com o líder do PSDB na Casa do Povo, deputado Major Rocha, os servidores estariam com uma ação trabalhista contra o Estado há mais de 20 anos. “Eles ganharam na Justiça e o Estado recorreu. O prédio do Centro da Juventude do Acre (CEJA) foi dado como garantia, mas o governo fez um reforma e recorreu da decisão judicial”, afirmou.

Rocha solicitou que a comissão dos antigos servidores da Cila seja recebida nas comissões da Aleac, para que os deputados tentem encaminhar uma solução para questão.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*