thumb gabinete secom SV 25 03 14-3-580x280

Executivo reúne deputados para tratar de abastecimento

Encontro aconteceu na manhã desta terça-feira, na Casa Civil

A cheia do Rio Madeira deve continuar até o fim do mês abril. Com o isolamento terrestre, o governo do Estado buscou alternativas para minimizar os impactos sobre a economia e o abastecimento acreano. Para apresentar todas as ações que estão sendo tomadas neste sentido, a chefe da Casa Civil, Márcia Regina Pereira, reuniu na manhã desta terça-feira, 25, os deputados da base governista.

São prioridade no transporte para o estado: gêneros alimentícios de primeira necessidade – como leite e trigo -, combustível e remédios. Há algumas especificidades. A dipirona, por exemplo, não pode ser transportada por avião por não suportar pressão.

“Então garantimos um carregamento de dipirona por via terrestre. A alternativa agora, quando necessário, será transportar por helicóptero. Ovos e leite têm sido transportados pelos aviões da Força Aérea Brasileira. Hoje 3,5 mil litros de gasolina serão distribuídos nos postos”, explicou Márcia Regina.

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Elson Santiago, sugeriu que os deputados passem a receber os boletins informativos diários, que registram o nível do rio e outras informações relevantes a respeito do abastecimento do estado.

A Embaixada do Peru procurou o governo acreano para apresentar uma cartela de produtos que podem ser adquiridos no país. Material de construção, por exemplo, já está sendo importado do país vizinho.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*