170417-politica-flavianomelo-assesoriaparlamentar

Flaviano defende ações do Governo Temer

Agenda de reformas tem apoio do parlamentar acriano

O deputado Flaviano Melo (PMDB) ressaltou esta segunda-feira (17) em Brasília, as ações do Governo Federal. Ao frisar que a repatriação de quase R$ 170 bilhões deu um fôlego apreciável à economia nacional, Flaviano disse que a manutenção e aumento do benefício do Bolsa Família melhorou a vida milhões de brasileiros que viviam na extrema pobreza.

E afirmou também que a implementação de uma política de fortalecimento à empresa privada possibilitou a criação em fevereiro de 35 mil empregos com carteira assinada, “criando um alento para milhões de desempregados”.

O parlamentar acrescentou que a lei que limita os gastos públicos, a fim de retomar o desenvolvimento, foi aprovada em tempo recorde, graças a um diálogo permanente com o Congresso Nacional.

”Criadas as condições para a criações de empregos, a queda da inflação e a baixa de juros vieram logo a seguir”. E lembrou que foi retomada a confiança tanto do investidor estrangeiro quanto do empresariado nacional, um dado imprescindível para qualquer economia saudável.

O deputado reforçou que a liberação de R$ 35 bilhões do FGTS veio em boa hora para 35 milhões de trabalhadores e a injeção de R$ 75 bilhões para construção de 600 mil habitações do Minha Casa Minha Vida, vai reacender a construção civil.

Reformas

Para Flaviano o empenho do Governo Temer na aprovação das reformas políticas, trabalhistas e previdenciária vai garantir desenvolvimento sustentável e progresso social.

“Para superar a herança perversa deixada pelo PT, é preciso determinação política, muita competência administrativa”. O deputado acriano reforçou que os avanços estão sendo feitos em todas as frentes.

A transformação é inegável e o Brasil está saindo da recessão. “Uma realidade bem diferente para quem assumiu um país falido”. E concluiu dizendo que o PMDB está trazendo de volta “a segurança jurídica, o equilíbrio financeiro e o bem estar que a sociedade deseja”.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*