030519-rampa-cruzeiro

Governo apresenta laudo de segurança do porto de Cruzeiro do sul

Marinha suspendeu operações no local após queda de rampa

A Marinha do Brasil, por intermédio do Comando do 9º Distrito Naval (Com9ºDN), no dia 25 de abril de 2019, realizou inspeção no Porto de Cruzeiro do Sul para verificar as condições da rampa de acesso ao flutuante, que apresentava uma erosão natural. Durante a inspeção, foi verificado que a erosão causou um desmoronamento de parte da rampa, sendo substituída por uma rampa metálica.

Com o risco eminente, a Marinha estabeleceu prazo de oito dias, para que um laudo técnico fosse apresentado pelo Governo do Estado, atestando a segurança da estrutura e determinou a interdição provisória do Porto, até que se apresentassem garantias da segurança nas operações portuárias.

O governo do Estado encaminhou nesta sexta-feira (3) o documento e aguarda liberação da Marinha do Brasil para retomar as atividades.

Em decorrência das condições precárias do Porto em Cruzeiro do Sul, a grande maioria dos empresários estão utilizando o porto de Guajará, município amazonense vizinho.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*