190118-politica-gemiljunior-tvgazeta

Governo assina contrato para conclusão do PS

Obra deve ser concluída até fim do ano

A ampliação do Pronto Socorro de Rio Branco que começou há 8 anos deve ser concluída em maio deste ano. É o que garante o secretário de saúde, Gemil Júnior. O contrato no valor de quase R$ 4 milhões foi assinado com uma construtora e divulgado no Diário Oficial do Estado desta quinta-feira.

O Hospital de Urgência e Emergência de Rio Branco (HUERB) vai receber mais R$ 3.762.148,43 para a execução de serviços de construção na unidade. O valor corresponde a um contrato feito com empresa de engenharia, divulgado no Diário Oficial do Estado. Segundo o secretário de saúde, Gemil Júnior, paralelo à obra, outras licitações vão tratar da compra de equipamentos e aparelhos de ar condicionado.

“Essa ordem de serviço é de quase R$ 3,8 milhões que contempla o terceiro, quarto e quinto andares. São andares de enfermaria e o último andar que contempla a parte de UTI”, explicou.

A obra será entregue segundo o secretário de saúde até o mês de maio, mas não termina por aí. Em uma nova fase, que já tem ordem de serviço assinada será construído o estacionamento. A ampliação do Hospital é motivo de críticas por que iniciou em 2009 ainda na gestão do governador Binho Marques, e 8 anos depois e ainda não foi concluída. A justificativa, segundo a atual gestão é a burocracia brasileira.

“Às vezes a burocracia esbarra. Sabemos sim que o governo federal disponibilizou recursos, outros demoraram muito tempo pra ser disponibilizado. No Brasil a lei da licitação faz com que atrase muito o processo. Tem licitação que demora três anos. São situações que o governo tenta adiantar e não consegue”, disse.

Quando for inaugurado o novo espaço do Pronto Socorro, a Secretaria de saúde estima que vai aumentar em 45% a capacidade de internações.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*