01092020-sala-de-situacao

Governo decreta emergência ambiental no Acre

Número de queimadas não para de crescer

O Governo do Estado publicou na edição do Diário Oficial de hoje (1°) o decreto de emergência ambiental tendo em vista a seca severa que o Acre enfrenta, além do número de queimadas que não param de crescer.

Entre 1º de janeiro de 2020 e 30 de agosto de 2020, foi de 4.044 focos de calor, sendo que 3.578 foram registrados somente neste mês de agosto, segundo dados do Satélite de Referência (Aqua Tarde). Caso sejam contabilizados os dados de todos os satélites que estão em operação, o quantitativo de focos de queimadas no ano de 2020 chega a 31.870.

Neste último final de semana, a situação ficou ainda mais grave. Entre sábado, 29, e domingo, 30, houve registro de 719 focos de queimadas, segundo dados do satélite de referência.
O problema afeta diretamente a população, de acordo com a Secretaria de Estado da Saúde (Sesacre), somente esse ano já foram registrados mais de 6 mil casos de doenças respiratórias na capital.

“Estamos no meio de uma pandemia e fazendo o possível para tentar chamar a atenção das pessoas, para os problemas que as queimadas trazem para a saúde da população. É tolerância zero para os crimes ambientais. Não dá para continuar como está, principalmente na zona urbana”, disse o governador.

Deixe uma resposta