1309-politica-ibope

Ibope: existe possibilidade de 2º turno

 

Incerteza não afasta vitória petista em qualquer cenário

De acordo com a última pesquisa Ibope divulgada na sexta-feira, ainda existe a possibilidade de realização de segundo turno para eleição de governador do Acre.

Na pesquisa estimulada, Tião Viana, do PT, tem 42% da preferência do eleitorado. Tião Bocalom, do DEM tem 25%; Marcio Bittar, do PSDB, 19% e Antônio Rocha, do PSol, 2%. O problema é a quantidade de votos de brancos, nulos (5%) e indecisos (7%).

Pela pesquisa Ibope, o candidato que mais cresceu foi Antônio Rocha. Mas, na prática, quem traz problema para o líder das pesquisas é Tião Bocalom. Na sondagem anterior (feita em agosto), estava em terceiro lugar (18%), empatado tecnicamente com o tucano Bittar (19%).

Marcio Bittar se manteve com os mesmos 19% enquanto Bocalom cresceu sete pontos percentuais. Segundo o Ibope, quem caiu na preferência do eleitor foi o candidato Tião Viana. Em agosto, tinha 46% da preferência do eleitorado e agora tem 42%.

A pesquisa foi recebida com desconfiança pelos círculos petistas. Nos estudos que o partido mantém internamente, os números são bem diferentes e apontam uma vitória acachapante do candidato Tião Viana.

Em agosto, quando o Ibope registrou 46% de preferência a Viana, a pesquisa foi aplaudida porque já mostrava a possibilidade de definição já no primeiro turno.

O estudo do Ibope foi realizado no período de 9 a 11 de setembro com 812 eleitores. A margem de erro é de três pontos percentuais para mais ou para menos com um nível de confiança de 95%. A pesquisa está registrada no TRE com o nº AC-00040/2014 e no TSE BR-00610/2014.

No segundo turno

O Ibope também fez a simulação de dois possíveis cenários para o 2º turno. Em todos, o candidato petista Tião Viana venceria se as eleições fossem agora. Com Bocalom, o candidato do PT teria 45% dos votos e o demista 36%.

Com o tucano Bittar, Tião Viana teria 46% e o candidato do PSDB 33%, de acordo com o Ibope.

Rejeição

Bocalom e Antônio Rocha empatam no item “rejeição”, com 28%; Tião Viana tem 26% de rejeição e Bittar, com o menor índice, 16%.

Avaliação de governo

De acordo com o Ibope, 47% dos eleitores consideram o governo de Tião Viana “ótimo ou bom”. Regular 31% e Ruim e péssima 20%. Na sondagem anterior feita em agosto, 62% aprovavam a “maneira de administrar do petista. Agora, caiu para 55% na atual pesquisa.

 

Deixe uma resposta