060318-politica-indigenas-cobram-investimentos

Indígenas pedem apoio para comunidades de Santa Rosa

Eles cobram investimentos em saúde e educação

Representantes de 46 aldeias indígenas do município de Santa Rosa, onde vivem comunidades das etnias Kaxinawá, Kulina e Jaminawá, vieram a Rio Branco buscar a ajuda. O grupo quer visitar todos os poderes e o primeiro deles foi a câmara de vereadores da capital.

O líder do movimento é o vereador de Santa Rosa, Gregório Kaxinawá, que é do PT. Ele trouxe documentos apontando problemas nas áreas de saúde, educação e meio ambientes.

As lideranças estão reclamando que falta estrutura nas escolas construídas para atender as comunidade indígenas. “Os estudantes de ensino médio são obrigados a deixar a aldeia e buscar ajuda na parte urbana de Santa Rosa ou Sena Madureira. Os índios estão revoltados com o descaso por parte do poder público”, reclamou Gregório.

Os índios querem abertura em cursos técnicos para que os jovens indígenas possam se aperfeiçoar nas áreas de saúde e educação. Com conhecimento a mais, eles podem ajudar na prevenção e tratamento das doenças mais comuns nas aldeias e ajudar no aprendizado. A ideia é conseguir junto ao governo bolsas de estudos.

O vereador Jackson Ramos conseguiu marcar audiências com vários poderes, inclusive uma conversa com o governador Tião Viana.

Os índios querem voltar com a promessa de que algo será feito para melhorar a vida nas aldeias, e como estamos em pleno ano eleitoral, com certeza vão voltar levando na bagagem muitas promessas.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*