140219-politica-camara-vereadores-escolas

Contratação de professores é cancelada e adia início das aulas

Tema foi debatido em sessão na Câmara de Vereadores

O embaraço na contratação de professores pela prefeitura de Rio Branco foi parar na Câmara de Vereadores.

O vereador Emersom Jarude (sem partido) ouviu a reclamação e pedido de ajuda de dezenas de profissionais. “A prefeitura errou de modo gravíssimo, porque não se atentou a validade do certame, aí essas pessoas que foram convocadas abriram contas, fizeram exames admissional, algumas até mesmo pediram demissão do emprego anterior e começaram a trabalhar. Daí, de uma hora pra outra a prefeitura determinou a demissão de todos eles.”

Além de prejudicar dezenas de profissionais, o fato também prejudicou o inicio do ano letivo. “Esse cancelamento das convocações está gerando um atraso no início das aulas. As aulas que eram pra começar no dia 18 de fevereiro, só vão começar no dia 11 de março, tudo isso em virtude de uma falta de planejamento da prefeitura”, disse Jarude.

Como se sentem prejudicados, os professores que já tinham sido convocados pretendem entrar na justiça para resolver a questão. “Alguns deles vão pleitear sim danos morais, acredito até que devidamente, em virtude de todos os transtornos que eles já passaram, e alguns deles até começaram a trabalhar, tem o memorando de lotação nas escolas.”

Sobre as demissões

Com problemas na contratação de professores, ainda nesta quarta-feira (13), a prefeitura anunciou que iria adiar o início do ano letivo na rede de ensino municipal, que estava previsto para iniciar na próxima segunda-feira, dia 18, e agora vai iniciar no dia 11 de março.

O secretário de educação do município, Moisés Diniz, falou sobre o assunto “houve um problema de informação e um edital do ano passado estava vencido, nós não tínhamos essa informação. Chamamos as pessoas do banco desse edital e quando descobrimos que esse edital estava vencido tivemos que cancelar o chamamento, foi um constrangimento. Chamamos emergencialmente esse seletivo para ocupar essas vagas, que não dava para manter pelo edital vencido.”

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*