0109-politica-jorgemarina3

Jorge Viana precisa encontrar tom adequado em 34 dias

Desafio do articulador político de Dilma não é pequeno

O articulador político da campanha de Dilma Rousseff na região, senador Jorge Viana, tem um desafio grande para os próximos 34 dias: encontrar o tom adequado da campanha com a ascensão de Marina Silva nas pesquisas de intenção de voto.

A ex-seringueira que aprendeu a ler no Mobral e conheceu dinheiro na adolescência tem uma história de militância em movimentos políticos que dariam baile nos irmãos Viana. Marina, após passagem pelo Ministério do Meio Ambiente, conquistou importância no cenário mundial.

O senador Jorge Viana e o governador Tião Viana sabem têm uma situação dúbia e de difícil equação: Marina é do PSB. Portanto, integra o grupo de partidos da base de apoio da Frente Popular.

Nos bastidores, como fazer com que as críticas à Marina não comprometam as relações políticas e até pessoais? Com as câmeras e gravadores ligados o discurso é um. Mas, nas conversas em rodas restritas do partido o raciocínio é o seguinte: “precisamos dar uma vitória inquestionável à Dilma Rousseff”.

Não é preciso lembrar a solidão que Marina viveu nos tempos da dobradinha Lula/Mangabeira Unger. É uma ferida que não se esquece facilmente porque ela expõe uma concepção de Desenvolvimento que a socialista quer revisada. Não é apenas a vaidade ferida; é uma ideia que a militante da Sustentabilidade considera inviável para o mundo atual.

Jorge Viana aprendeu a respeitar Marina Silva, mesmo quando ela era do PT. É esse dito respeito que dificulta o trabalho de articulação política junto ao eleitor diretamente.

Quando o país passou a conhecer Marina, a aceitação foi imediata. No Acre, as antigas resistências têm sido superadas e aumentam as possibilidades de que a votação dela, aqui também, seja alta.

A oposição à Marina já encontrou um mote de crítica: causas vinculadas às questões dos direitos dos homessexuais, aborto e outras subjetividades, como se o país não tivesses outras urgências a tratar. Os 34 dias que se seguem serão de puro cálculo.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*