150318-politica-joseeymael-tvgazeta

José Maria Eymael lança pré-campanha no Acre

Pré-candidato nega envolvimento com empreiteira

O presidente e fundador do PSDC (Partido da Social Democracia Cristã), José Maria Eymael, escolheu o Acre para lançar oficialmente seu nome como pré-candidato à Presidência da República. Essa é a quinta vez que Eymael lança seu nome.

No Acre, o presidencial se reuniu nessa quinta-feira com lideranças do partido, e com as mudanças por que passa o país, acredita, que, desta vez, vai conseguir mais votos.

Chegou a denunciar que nas eleições passadas não teve melhor votação por causa das fraudes nas urnas eletrônicas. “Como explicar se numa eleição, em determinada cidade, eu tive 200 votos e na outra eleição só apareceram dois. É preciso voltar a eleição para o voto impresso. Esse é mais confiável. Por isso, nosso partido quer uma mudança no procedimento do voto”, declarou.

O pré-candidato nascido em Porto Alegre, no Rio Grande do Sul, hoje com 78 anos, é empresário. Formado em Filosofia e Direito foi deputado federal por São Paulo.

Delatores da Odebrechet, na operação Lava Jato chegaram a citar que nas eleições de 2010 Eymael recebeu R$ 50 mil de ajuda para campanha, vantagem que nega ter recebido.

Alheio às denúncias, Eymael veio ao Acre para incentivar os candidatos da Democracia Cristã a conhecer a região, que, segundo ele, é esquecida pelo poder público.

O presidente da executiva regional do partido no Acre, José Afonso Fernandes, disse que o partido está fechado com a Frente Popular e vai lançar alguns nomes para lutar pelas vagas na Assembleia Legislativa e pretende colocar um candidato a deputado federal.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*