0409-cotidiano-bandeiraco

Justiça Eleitoral restringe bandeiraços

Intenção é preservar direito do cidadão

O juiz da 10ª Zona Eleitoral Anastácio Lima de Menezes restringiu os bandeiraços realizados pelos militantes que trabalham em campanha política. Pela decisão, está proibida a prática dos bandeiraços em corredores de ônibus, trevos, pontes, rotatórias, ciclovias, ciclofaixas e travessias de pedestres, escolas, bibliotecas, igrejas e teatros.

Em frente a escolas, bibliotecas, igrejas e teatros ficam proibidos os bandeiraços antes de 30 minutos do encerramento das atividades.

A Justiça Eleitoral já notificou os partidos políticos e determinou a fiscalização da medida por parte da RBTrans, Imac, Detran e Polícia Militar.

Em horários de pico, a realização dos bandeiraços dificulta o fluxo de ônibus e compromete a qualidade do trânsito, o que atenta contra o direito do cidadão.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*