Banner Aleac2014

Sob protestos, Legislativo acreano retoma atividades

Manifestantes pediam a presença do governador na Aleac

Protestos de policiais civis e integrantes do movimento do basta marcaram o retorno das atividades na Assembleia Legislativa do Acre, na manhã desta terça-feira, 04. Diversos manifestantes ocuparam as galerias da Aleac e fizeram um grande manifesto na Casa do Povo.

Os policiais civis reivindicavam por melhores condições de trabalho e rejuste salarial. A categoria alega que estão com efetivo insuficiente, salários defasados, promoções atrasadas.

Os integrantes do movimento do basta protestaram contra a presença da chefe da Casa Civil em exercício, Nazaré Lambert, na Aleac. Na ausência do governador e vice-governador, que estão viajando, e de Márcia Regina, que está de férias, a procuradora compareceu à Assembleia para fazer a leitura da mensagem governamental.

Aos gritos de palavras de ordem, os manifestantes pediam a presença do governador Tião Viana no local. A gritaria chegou a atrapalhar a leitura da mensagem.

Para amenizar o clima tenso que se instalou na Casa do Povo, o presidente da Aleac em exercício, deputado Moisés Diniz (PCdoB), pediu aos manifestantes ordem, o que não foi acatado, intensificando ainda mais os protestos.

Como forma de protestar contra o apelo de Moisés Diniz, os manifestantes ficaram de costas para os parlamentares e entoaram o Hino Nacional Brasileiro.

Apesar dos protestos, a chefe em exercício da Casa Civil, Nazaré Lambert concluiu a leitura.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*