thumb asterio1

Líder do governo trabalha para destrancar votações

Astério já pediu reunião com todos os parlamentares

O líder do governo Tião Viana (PT) na Aleac (Assembleia Legislativa do Acre), Astério Moreira (PEN), realizou nesta quarta uma verdadeira maratona para convencer os deputados da base a destrancarem a pauta de votações em plenário. Após conversas de pé de ouvido com alguns colegas, Astério convocou reunião com todos os parlamentares, inclluindo a oposição, para sensibilizá-los da importância da liberação.
 
O interesse maior do Palácio Rio Branco está no projeto que anistia os produtores rurais das multas aplicadas por órgãos ambientais. A matéria envolve o repasse de R$ 16 milhões por parte do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) para projetos de recuperação ambiental de áreas degradadas.
 
De acordo com o líder do PT, Geraldo Pereira, não se trata de empréstimo, mas de repasse do governo federal que precisa de autorização da Aleac. O líder da oposição, Wherles Rocha (PSDB), criticou o governo por aderir somente agora ao programa do governo federal de regularização dos produtores rurais autuados pelos órgãos fiscalizadores.
 
“Somente agora, no apagar das luzes do programa, é que o governo do Acre vem fazer a adesão. Esta foi uma medida adotada ainda no governo do ex-presidente Lula, com vários outros Estados já regulamentados”, diz Rocha.
 
Astério Moreira tentava fazer a base desistir do boicote nesta matéria, por o governo ter somente até o dia 16 para fazer a regulamentação e beneficiar os produtores.
 
“Eu fiz um apelo particular aos deputados para que votem o cadastramento ambiental. Não é um empréstimo, mas uma concessão da União. Eu não vejo esse movimento como uma rebelião, acho que é uma questão boa para o Parlamento, positivo, pois deixa o Parlamento orgânico”, diz Astério.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*