010617-politica-camaravereadoresprotesto-tvgazeta

Líderes comunitários exigem retratação de vereador

“Se ele não faz o trabalho dele, que culpa temos?”

O vereador Raimundo Neném (PHS) usou a tribuna da Câmara pela primeira vez na terça-feira (30) e comprou uma briga com os líderes comunitários que foram até a casa legislativa para exigir uma retratação do parlamentar.

Neném, que é da base aliada do prefeito, decidiu criticar Marcus Alexandre. O parlamentar se sente excluído porque não é chamado para as atividades da prefeitura nos bairros. Na fala, disse que “os presidentes de associações de bairros são mais privilegiados que os vereadores”.

Quando as lideranças souberam do discurso começaram a criticar o parlamentar pelas redes sociais e, nesta quinta-feira, um grupo foi até a Câmara exigir que os vereadores pedissem desculpas.

Segundo Oséias Silva, liderança do bairro Seis de Agosto, a crítica do vereador tem um motivo: “Ele não vem trabalhando para a comunidade e se importa quando vê uma liderança agindo. Se o vereador não faz o papel dele que culpa temos? Quando o prefeito vai ao nosso bairro nós acompanhamos. É nosso trabalho e responsabilidade”, comparou.

A repercussão foi tão grande que os vereadores suspenderam a sessão para receber um grupo de presidentes de associações de moradores. Eles puderam reclamar diretamente ao vereador Raimundo Neném, e ainda exigiram que ele pedisse desculpas na tribuna.

O vereador Raimundo Neném disse que houve um mal entendido. “Eu fui mal interpretado: quis apenas dizer que devemos trabalhar juntos: vereadores, lideranças e prefeitura. O importante é a comunidade de Rio Branco”, defendeu-se.
O vereador se comprometeu em pedir as devidas desculpas e agora resta saber se não ficaram ranhuras entre Raimundo Neném e a equipe de Marcus Alexandre. Na verdade, o ataque feito pelo vereador foi ao prefeito.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*