bittar28092014

Marcio Bittar comemora com multidão

Marcio Bittar comemora com multidão resultado da última pesquisa; segundo turno é certo

Apontado pelo instituto Delta como o candidato a governador que vai para o segundo turno, Marcio Bittar (PSDB), da Coligação por Um Acre Melhor, comemorou o resultado da pesquisa com a multidão que foi vê-lo num comício em Epitaciolândia, na noite desta sexta-feira, 26. Informadas número por número, as pessoas que estavam na plateia foram ao delírio e o clima do evento ficou ainda mais animado, com as torcidas dos candidatos proporcionais fazendo barulho com suas charangas. Melhor ainda, segundo Bittar, é o fato de a oposição já somar quase seis pontos sobre o adversário do PT.

Segundo a pesquisa Delta, Marcio Bittar tem 26,04% da preferência do eleitor acreano e a notícia mais animadora é que tem a menor rejeição entre os quatro candidatos. A tendência, segundo analistas, é Bittar crescer ainda mais nessa reta final, uma vez que tem se apresentado como um dos mais preparados para assumir o governo. As propostas de seu plano de governo também ajudam muito na decisão final do eleitor. O candidato a senador da coligação de Marcio Bittar, Gladson Cameli (PP), já elevou para 13% a diferença em relação a sua adversária do PCdoB, outra notícia exaustivamente comemorada pela militância.  

O comício de Epitaciolândia fechou a campanha no município, marcado por uma virada espetacular de Marcio Bittar sobre seus adversários. Uma série de fatores contribuíram para essa reviravolta, entre eles a popularidade do prefeito André Assem (PSDB) e a atitude duma das militâncias mais animadas de sua campanha na região. Tanto que o tom do discurso de Bittar foi de agradecimento. “Agradeço aos candidatos aqui da região pelo empenho”, disse, para depois citar nomes, um a um.

Ante a multidão que tomou uma das ruas principais do bairro Zé Assem, Marcio Bittar disse ainda que o fim da agonia para os prefeitos da região, todos menosprezados pelo governo por serem da oposição, está próximo. “O socorro está chegando. Meu governo vai por fim a essa perseguição do PT contra quem é de oposição”, disse. Estavam no palanque, além do prefeito André Assem, o de Brasiléia, Everaldo Gomes (PMDB), e o de Assis Brasil, Doutor Betinho (PSDB).

Marcio Bittar disse que além do fim da discriminação com prefeituras de partidos diferentes, seu governo vai tratar como deve ser tratada a segurança pública, a saúde e a geração de empregos. “Com certeza não vamos tratar a violência com apito. Essa foi uma brincadeira de mau gosto do atual governo. Vamos dar apoio à polícia para que esta combata a criminalidade. Vou em busca de resultados. Vamos estabelecer metas, para cumprir aquilo que estamos afirmando nessa campanha”, afirmou.

A situação caótica da saúde também será uma causa de combate especial do governo Marcio Bittar. Ele voltou a lembrar que, a partir de 2015, já poderá contar com dinheiro do Pré-Sal para aplicar em construção de hospitais e laboratórios de exames. “Vou construir dois grandes laboratórios para acabar com as filas em busca de exame. Não é admissível as pessoas receberem o resultado dos exames depois que seu ente querido já tiver morrido, como aconteceu esses dias em Cruzeiro do Sul”, afirmou.

O candidato tucano voltou ainda na sexta-feira à noite para Rio Branco. Na manhã deste sábado fez caminhada no Calafate e à tarde embarca para Tarauacá, onde participa duma carreata. À noite prestigia o comício de Feijó e na manhã deste domingo segue para Cruzeiro do Sul, onde participa de atividades relacionadas ao aniversário do município, na companhia do candidato a senador, Gladson Cameli (PP)

Deixe uma resposta