Memorial às Vítimas da Covid-19 é inaugurado pelo Governo do Acre

Espaço tem como principal objetivo homenagear 1,8 mil acreanos que morreram em decorrência da doença

Uma cerimônia intimista e carregada de muita emoção marcou a entrega do Memorial às Vítimas da Covid-19, na noite desta terça-feira, 11, em Rio Branco. O espaço entregue pelo Governo do Acre tem como principal objetivo homenagear e preservar viva a memória de 1,8 mil acreanos, que lutaram bravamente, mas tiveram suas vidas interrompidas, precocemente, em decorrência da doença.

O memorial fica localizado às margens do Lago do Amor, nas dependências do Instituto de Ortopedia e Traumatologia do Acre (Into-AC), na capital. Desde o início da pandemia, a unidade pública hospitalar é a maior referência no estado no tratamento de pacientes infectados pelo novo coronavírus.

No local, estão gravados os nomes dos pacientes e profissionais da saúde vítimas da covid-19, no Acre. Todas as noites, o brilho das luzes sairá da escultura em formato de torre erguida no memorial e poderá ser vista por meio de furos feitos na estrutura, que representam cada homenageado. O projeto arquitetônico, assim como a execução da obra estiveram sob a responsabilidade da Secretaria de Estado de Infraestrutura (Seinfra).

“Esse espaço foi construído para que as pessoas possam vir até aqui fazer uma reflexão. Diante de tudo que estamos vivendo, é muito importante tirarmos um tempo para refletir, homenagear aqueles que se foram e agradecer a Deus pelo dom da vida. Fizemos esse memorial com muito carinho em respeito às vítimas e aos seus familiares”, afirmou o governador Gladson Cameli.

Segundo o secretário Cirleudo Alencar, o memorial estará aberto ao público, diariamente. “Todas as pessoas são bem vindas neste espaço para fazer suas orações e prestar suas homenagens. O governo do Estado pensou neste local com muito cuidado para que todas as vítimas fossem representadas com o maior respeito possível”, disse.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*