0410-politica-transportedeurnas-joaonascimentofab

Ministério da Defesa garante urnas em áreas isoladas

Transporte de urnas ocorre desde dia 30

Parte dos 506.724 eleitores do Acre vota em áreas isoladas. Nessas regiões, só se tem acesso por meio dos rios, avião ou helicóptero. Por isso, o ministério da Defesa conclui neste sábado o transporte de urnas para essas comunidades.

São regiões muito remotas e afastadas dos grandes centros. Ao menos quatro municípios (Santa rosa, Jordão, Marechal Thaumaturgo e Porto Walter) o acesso só é feito por barcos ou aeronaves. De acordo com o Tribunal Regional Eleitoral, o Acre possui 101 seções eleitorais situadas em áreas de difícil acesso.

Em 77 comunidades isoladas, a transmissão de dados ocorre via satélite. Estão incluídas nessas áreas isoladas, comunidades ribeirinhas, reservas extrativistas, seringais e aldeias indígenas. Em 42 dessas comunidades só se tem acesso de helicóptero.

Rio Branco concentra 232.073 eleitores (aproximadamente 45,9% do eleitorado do estado). O segundo maior colégio eleitoral é Cruzeiro do Sul, com 51.483 eleitores. Sena Madureira é o terceiro maior colégio eleitoral com 25.966.

O TRE treinou 36 mesários para fazer a transmissão de dados a partir de notebooks com antenas adaptadas especificamente para o envio das informações sobre o voto dos eleitores.

Desde quinta-feira, esses profissionais já foram deslocados para os locais de votação. A operação de transporte dessas urnas ocorre desde o dia 30.

Deixe uma resposta