060917-politica-gladson-lavajato-inocente

MPF arquiva processo contra Gladson Cameli

Investigação não apontou provas contra o senador

O Ministério Público Federal (MPF) formalizou um pedido de investigação ao Supremo Tribunal Federal, em março de 2015, contra o senador Gladson Cameli. Após investigação o MPF decidiu pelo arquivamento do processo por falta de provas.

Em delação feita pelo doleiro Alberto Youssef, Gladson foi apontado de participação em esquema do PP por recebimento de propina da Petrobras. Ele era acusado de receber dinheiro supostamente proveniente de caixa dois do partido dele, para campanhas anteriores.

De acordo com o senador, após a denuncia ele e pessoas próximas foram investigadas. Sem que houvesse indícios de que ele teria cometido algum crime, o processo contra Gladson foi arquivado. “Eu nunca tive duvidas de que este processo ia pro arquivamento. Eu sei da minha conduta, da minha lealdade, do meu compromisso com a população do meu estado.”

Gladson conta que assim com ele, a sua família também foi alvo de ataques, “sofri vários ataques, eu minha mulher, meus filhos, a minha família. Quiseram fazer dessa situação o que fizeram com meu tio há praticamente 20 e poucos anos atrás.”

Não foi aberto inquérito contra o senador, a princípio era apenas uma investigação, como não foram encontradas provas contra ele o processo foi arquivado. “Todas as investigações, de todo levantamento que eles fizeram, não acharam nada da minha vida, tanto política, empresarial, de como cidadã comum, que eu tenha cometido alguma coisa ilícita. ”

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*