2908-politica-idelisalvatti

Ministra dos Direitos Humanos da Presidência visita o Acre

Salvatti aos haitianos: “Não utilizem coyottes”

A Ministra da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República, Ideli Salvatti, começou a visita ao Acre conhecendo a sede da Central de Libras, a linguagem de sinais que pessoas com limitações de audição e fala usam para se comunicar. Diante dos funcionários, a Ministra ouviu sobre os trabalhos desenvolvidos em todo Acre.

Salvatti tem como meta desenvolver o Plano Nacional da Pessoa com Deficiência, que tem recursos de 15 ministérios comandados pela Secretaria de Direitos Humanos no valor de R$ 7,6 bilhões.

Os investimentos estão sendo feitos desde 2010 e o centro de libras do Acre é uma referência em todo o país, segundo a ministra. O plano tem como metas a Educação, a Saúde, Acessibilidade e a Inclusão.

No Brasil, cerca de 46 milhões de pessoas possuem algum tipo de deficiência. Para melhorar o atendimento, no Acre, além de Rio Branco, a ministra pretende criar esse centro em Cruzeiro do Sul, uma vez que é o município com maior população depois da Capital.

Salvatti aproveitou para conhecer as instalações da OCA que realiza dezenas de atendimento ao cidadão em Rio Branco.

A ministra também conheceu as instalações onde funciona o abrigo dos haitianos em Rio Branco, atualmente, com 276 migrantes. Ela fez um apelo. “Os familiares de vocês que estão se planejando para vir, que venham, mas não usem os coyottes”, disse para uma plateia que não compreendia muito o que a ministra dizia.

Deixe uma resposta