270219-mp-exoneracao

MP recomenda exoneração de servidores condenados

Governo diz que estuda recomendação do Ministério

A recomendação do Ministério Público do Estado, para que o governo do Acre exonere servidores nomeados recentemente, ainda não foi cumprida. O Ministério Público, por meio da promotoria especializada de Defesa do Patrimônio Público, quer a exoneração de Alercio Dias, Diretor Interno do Acreprevidência, Vagner Sales, Secretário Extraordinário de Articulação e James Gomes, com o cargo de Diretor de Gabinete da Casa Civil.

Conforme o Ministério Público, esses servidores devem ser exonerados por que já foram condenados por improbidade Administrativa.

O governador em exercício, Major Rocha, declarou que esses casos ainda passam por análise na Procuradoria Geral do Estado. “O governo está analisando a recomendação do Ministério Público, é bom que se diga, é uma recomendação, mas o governo está analisando com muito critério essa recomendação. Por isso hoje deve estar com a PGE e em breve nós estaremos com o resultado dessa avaliação que o governo está fazendo”, afirma Rocha.

O Ministério Público, que expediu a recomendação essa semana, deu um prazo de 10 dias para que o governo tome uma posição. Se isso não acontecer, medidas judiciais serão adotadas.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*