Banner TCHEge

“Municípios perderam R$ 77 bilhões em receitas”, diz Luís Tchê

Deputado defende prefeitos que estão em crise financeira

Pela segunda vez, o deputado Luís Tchê(PDT) foi eleito presidente da Unale, União Nacional dos Legisladores e Legislativos estaduais. Com isso, surgiu a dúvida se ele teria desistido de concorrer a uma vaga na Câmara Federal. Mas ele confirmou que é pré-candidato.

Durante pronunciamento na Aleac, Tchê defendeu os prefeitos que estão em crise financeira. O parlamentar é favorável ao FPE verde para o Acre. Uma forma do governo federal compensar o estado por manter 85% da floresta preservada.

“Os prefeitos vão à Brasília com o pires na mão”, ressaltou. Tchê falou que a maior concentração de receitas com a união tem causado muitos prejuízos aos municípios. Somente com a desoneração de impostos da chamada ‘linha branca’ foram R$ 77 bilhões a menos aos cofres públicos.

Luís Tchê voltou a defender reformas no pacto federativo. Só assim é possível corrigir as desigualdades e também evitar maiores estragos aos municípios brasileiros.

Ao fim da conversa com o jornalista Alan Rick, o deputado comentou a polêmica dos apitos. Na Assembleia, Tchê chegou a testar o novo objeto da segurança pública acreana. “Não acredito que aquele programa seja ideia do governador Tião Viana”, argumentou.

As declarações foram dadas na noite da última quarta-feira, 14, ao programa ‘Gazeta Entrevista’.

Reforma do pacto federativo

“Municípios perderam R$ 77 bilhões em receitas”, diz Luís Tchê

Deputado defende prefeitos que estão em crise financeira

Pela segunda vez, o deputado Luís Tchê(PDT) foi eleito presidente da Unale, União Nacional dos Legisladores e Legislativos estaduais. Com isso, surgiu a dúvida se ele teria desistido de concorrer a uma vaga na Câmara Federal. Mas ele confirmou que é pré-candidato.

Durante pronunciamento na Aleac, Tchê defendeu os prefeitos que estão em crise financeira. O parlamentar é favorável ao FPE verde para o Acre. Uma forma do governo federal compensar o estado por manter 85% da floresta preservada.

“Os prefeitos vão à Brasília com o pires na mão”, ressaltou. Tchê falou que a maior concentração de receitas com a união tem causado muitos prejuízos aos municípios. Somente com a desoneração de impostos da chamada ‘linha branca’ foram R$ 77 bilhões a menos aos cofres públicos.

Luís Tchê voltou a defender reformas no pacto federativo. Só assim é possível corrigir as desigualdades e também evitar maiores estragos aos municípios brasileiros.

Ao fim da conversa com o jornalista Alan Rick, o deputado comentou a polêmica dos apitos. Na Assembleia, Tchê chegou a testar o novo objeto da segurança pública acreana. “Não acredito que aquele programa seja ideia do governador Tião Viana”, argumentou.

As declarações foram dadas na noite da última quarta-feira, 14, ao programa ‘Gazeta Entrevista’.

 

Deixe uma resposta