220119-politica-museu-secretarias

Museu pode virar novo palácio das secretarias

Intenção é reduzir gastos com aluguel

Com vistas às prioridades do Estado, o governo quer mudar o projeto do Museu dos Povos Acreanos, que está sendo construído no centro de Rio Branco, para transformar o imóvel em salas para as secretarias estaduais que hoje funcionam em prédios alugados.

As obras do museu já consumiram R$ 20 milhões, mas, o gasto para que ele abra as portas para o público pode chegar a R$ 50 milhões, por causa da compra de móveis, equipamentos de segurança e outros gastos para manter um museu em pleno funcionamento.

Para o projeto o governo Tião Viana buscou empréstimo visando um investimento na cultura do estado, entretanto, para o novo governador, o museu não é prioridade.

Segundo o secretário de infraestrutura, Thiago Caetano, o dinheiro que vai ser gasto deve ser direcionado para setores essenciais que estão deficitários, como a saúde e segurança pública.

Nas contas da Seinfra, cancelando algumas locações, a economia poderia chegar a R$ 70 mil por mês.

Só que mudar a finalidade do projeto não será fácil. Quando houve o empréstimo a previsão era de um museu moderno e mudar toda a estrutura requer autorização dos órgãos autorizadores do financiamento.

Além disso, existe outro entrave que precisa ser revolvido por esse governo. A igreja católica, antiga proprietária do prédio onde está sendo construído o museu reclama que não recebeu o dinheiro pactuado pelo imóvel. O governo anterior alega que pagou pelo prédio.

Agora ficou por conta da nova gestão, levantar toda a papelada do projeto e verificar onde foi gasto cada centavo repassado no empréstimo.

Se a conta para a igreja católica não foi quitada, independente de virar museu ou secretaria, essa conta vai ter que ser paga.

O governo por enquanto ainda não quer entrar em detalhes sobre a mudança de finalidade do prédio, precisa discutir com vários órgãos.

Na próxima semana uma missão do IPHAN (Instituto de Patrimônio Histórico e Artístico Nacional) estará visitando o Acre e as obras do museu, será a oportunidade para o governo apresentar as mudanças que pretende fazer.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*