Prefeitura de Rio Branco vai realizar queima de fogos no réveillon

Foi decidido organizar um show piromusical para marcar a passagem de ano

Pelo segundo ano consecutivo o governo do estado do Acre decidiu cancelar a festa de ano novo e a queima de fogos que acontece tradicionalmente no bairro da Base há 25 anos. Com medo da nova variante do vírus SARS-CoV-2 que causa a covid-19: a Ômicron. A Secretaria de Estado de Saúde do Acre (Sesacre), pediu ao governo que cancelasse qualquer evento que gerasse aglomeração. Além da pandemia, Rio Branco passa por um surto de gripe, causado pelo vírus H3N2, um dos subtipos do vírus Influenza A, que vem lotando os hospitais e as unidades básicas de saúde (UBS).

A Prefeitura de Rio Branco decidiu então organizar um show piromusical para marcar a passagem de ano. A passarela que fica no centro da capital vai ganhar uma cachoeira e canhões de fogos de artifício. Segundo informações, serão pouco mais de 10 minutos de queima, mas todos os canhões acionados serão sincronizados para seguir uma trilha musical que será o primeiro espetáculo pirotécnico temático já realizado em Rio Branco.

“Quero deixar bastante claro que nós não vamos fazer festa de Réveillon, a festa significa o que? As pessoas dançam, se aproximam, se abraçam e tal. Aí é uma coisa, a outra coisa é você fazer uma queima de fogos apenas para poder receber o Ano Novo que com certeza virá muitas coisas boas, muito desenvolvimento pro nosso município urbano”, afirma o prefeito de Rio Branco, Tião Bocalom.

A Fundação Municipal de Cultura Garibaldi Brasil (FGB) vai espalhar caixas de som no Novo Mercado Velho e na Gameleira, próximo ao mastro da bandeira do Acre. A ponte metálica será fechada, assim as pessoas vão poder acompanhar na passarela Joaquim Macedo, a cascata de 64 metros de fogos de artifício.

O prefeito garante que não haverá aglomeração, porque existe muito espaço e a queima pode ser vista de longe. Não havendo festa, nem antes e nem depois, da queimas de fogos. As pessoas vão poder assistir a queima de fogos e retornar às suas casas. O prefeito explicou que nesse final de ano não dá para cancelar a queima de fogos, todo o material foi comprado e agora precisa ser usado.

Deixe uma resposta