Banner angelimGE

Angelim afirma que não foi convidado para ser vivce de Tião

Ex-prefeito lança candidatura à Câmara Federal

“Fiz a opção pessoal de ser pré-candidato a deputado federal”, declarou o ex-prefeito Raimundo Angelim(PT) durante participação no ‘Gazeta Entrevista’ da última terça-feira, 7. Formalmente, o convite ainda não está posto, porém, o assessor especial do governo deve ser um dos campeões de votos em outubro.

Um dos prefeitos mais bem avaliados da história da capital acreana, Angelim ficou oito anos a frente do executivo municipal. Questionado sobre o maior feito na gestão, ele destacou o enfoque dado ao ser humano em si. “Não adianta ter a cidade bonita se as pessoas estão tristes”, afirmou.

O ex-prefeito também procurou trazer a prefeitura cada vez mais perto da população. “Quando você compartilha o governo, erra-se menos”, enfatizou. A experiência de dois mandatos fez Angelim refletir sobre o pacto federativo. “Os municípios são o patinho feio da história. Cidade é prioridade”, expôs.

Sobre o sucessor, o também petista Marcus Alexandre, Angelim fez uma avaliação: “Marcus não foi surpresa. Nós já o conhecíamos. Foi um prazer entregar a prefeitura com as contas saneadas. Ele faz um ótimo mandato”, reconheceu.

Atualmente, Angelim é assessor especial do governador Tião Viana(PT). No cargo, ele é responsável por mediar conversas com prefeituras e negociar convênios. O nome dele aparece como possível vice-governador na próxima eleição. O ex-prefeito preferiu manter cautela.

“Não fui convidado. Essa é uma escolha pessoal do governador”, disse. Como experiência própria no assunto, Angelim acredita que o vice precisa ser ter inteira confiança. O jornalista Alan Rick não deixou de fora o assunto de momento da Frente Popular. Aníbal ou Perpétua: quem é o candidato ao Senado?

Para o assessor especial, os dois têm condições amplas para exercer o mandato. Porém, é favorável a apenas uma candidatura. “Quando temos uma frente, não podemos ter carreira solo”, expôs. Defensor do diálogo, Angelim sugeriu participação dos demais partidos na escolha. Além disso, informou que a decisão não pode levar muito tempo. Uma maneira de evitar desgaste antes da escolha.

Deixe uma resposta