thumb tche

“Não quero que devolvam o Acre a Bolívia”, diz Tchê

Deputado diz ter sido mal interpretado

Após ser intensamente criticado devido publicações que davam conta de que havia sugerido, em pronunciamento na tribuna da Assembleia Legislativa nesta semana, que o Acre deveria ser devolvido para a Bolívia, o deputado Luís Tchê (PDT) afirmou que houve um mal entendido.

“Quem sou eu para defender a devolução do Acre à Bolívia? Então vem um gaúcho para tomar e outro para devolver?”, indagou, referindo-se ao seu conterrâneo Plácido de Castro, líder da Revolução Acreana.

Segundo o parlamentar, em quase quatro anos de eleita, a presidente Dilma nunca visitou o estado, e para ele, isso caracteriza certo menosprezo ao Acre, por isso o comentário irônico de devolução do Acre a Bolívia.

“O Acre é como uma ilha e, esta fragilidade se torna ainda mais grave quando a presidente Dilma, desde que foi eleita, há quase quatro anos, nunca veio fazer uma visita aos acreanos. Por este motivo fiz aquela declaração em tom de brincadeira, pois a presidente passa a impressão de que o Acre não importa, embora já tenha produzido um terço de toda a riqueza do Brasil”, lembrou.

Sobre seus debates no parlamento acreano, o deputado faz questão de frisar que sempre tem dado ênfase nas “questões do endividamento dos Estados e à fragilidade do Acre por sua localização, onde uma simples enchente em Rondônia ameaça o Estado de desabastecimento”.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*