160119-politica-auditoria-camara

Novo presidente faz auditoria na Câmara de Vereadores

Mesa diretora quer descobrir como estão as contas da casa

Nesse momento a nova mesa diretora tenta descobrir como estão as contas da câmara. Por enquanto, o que se sabe, é que os salários dos servidores estão em dia e que não existe fornecedor fazendo cobrança, mas a contabilidade está confusa.

Quando deveria passar documentos e informações, o ex-presidente Manuel Marcus estava preso, acusado de compra de votos. Quando ganhou a liberdade não fez a transição.

Com medo de responder processos futuros, Antônio Morais está fazendo uma auditoria e assim que concluir os relatórios enviará ao Tribunal de Contas do Estado e Ministério Público.

Nos três anos anteriores a Manoel Marcus, sobrava dinheiro na câmara, ao ponto de os presidentes da época devolveram recurso à prefeitura, e ainda depositar em fundo criado pelo legislativo.

No ano passado, Manuel Marcus teve que recorrer à prefeitura para poder fechar as contas do ano. Por que faltou dinheiro? É uma incógnita.

Agora a ordem é economizar e evitar que a polícia fique visitando a câmara.

Nepotismo

Na câmara o tema nepotismo voltou a ser pauta nesta quarta-feira (16) entre os vereadores. O novo presidente teria colocado um namorado da filha em uma assessoria, mas Antônio Morais alegou que não tenha colocado algum parente entre seus assessores. “Duvido que alguém prove que eu coloquei parente na casa. Eu estou aqui há seis anos conheço as regras”, afirmou.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*