050917-cotidiano-operacao7desetembro

Órgãos de defesa ambiental fazem operação “7 de Setembro”

Objetivo do governo é combater queimadas

Órgãos de defesa ambiental, Polícias Civil e Militar, e Corpo Bombeiros vão atuar na maior operação de combate as queimadas. Os primeiros dias de setembro são considerados os mais críticos. É nesse período que se intensificam as queimadas e derrubadas. A operação chamada de “7 de Setembro” é uma tentativa de evitar o crescimento, principalmente dos focos de calor.

No mês de agosto, só em Rio Branco foram registrados 1.750 focos de calor em áreas rurais. Na parte urbana, foram 880, mas quando se soma o acumulado de junho, julho e agosto, se chega a 2.380 queimadas na capital.

O Corpo de Bombeiros recebe, em média,100 chamadas por dia. São tantos pedidos que atualmente é feita uma seletiva: só os casos graves são atendidos.

A operação 7 de Setembro vai usar funcionários de todas as secretárias de estado e dos municípios. Serão mais de mil pessoas atuando simultaneamente.

Desde o mês de junho se intensificou o combate às queimadas, mas as campanhas de conscientização e as multas não estão conseguindo deter tantas chamas.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*