thumb suelyGE

“Para mim, aquilo foi pura maldade”, diz secretária sobre tapurus

“A verdade vai aparecer”, afirma Suely Melo

“Fiquei indignada e, como bióloga, sei que aquilo lá é impossível de acontecer”, foi com esta frase que a secretária estadual de Saúde, Suely Melo, argumentou sobre o caso das marmitas contaminadas com tapurus no setor de nefrologia do Hospital das Clínicas.

Suely argumentou que é praticamente impossível qualquer ser vivo resistir a 200 graus centígrados. Em duas décadas, este é o primeiro caso de repercussão negativa envolvendo a cozinha da unidade.

Após o episódio, a secretária informou que fez visita ao HC e conversou com funcionários responsáveis pela alimentação. Ela acredita em sabotagem. “Para mim, aquilo foi pura maldade”, enfatizou.

Por medo, pacientes do hospital estão rejeitando a comida oferecida. Sindicância interna já foi aberta, assim como inquérito policial. “A verdade vai aparecer. Esse responsável vai ser penalizado de acordo com a lei”, comentou.

A secretária de Saúde informou que o Acre vive um momento muito bom neste setor. “Estamos caminhando a passos largos para oferecer a saúde que a nossa população merece”, expôs.  Ela destacou o avanço em alguns setores e anunciou que, em breve, o estado vai oferecer cirurgia de transplante de fígado.

Com a chegada do inverno amazônico, ações de combate a dengue serão intensificadas para combater focos de reprodução do mosquito. Melo finalizou a entrevista comemorando o prêmio internacional que o Acre ganhou como melhor prática para combater a malária.

Deixe uma resposta