thumb geraldo-pereira-02

Parlamentar diz que matriz do mensalão é o PSDB

Geraldo Pereira rebate pronunciamento de Rocha

Em resposta ao pronunciamento do deputado da oposição, Major Rocha, que comemorou às prisões realizadas no processo do mensalão, o líder do PT na Assembleia Legislativa do Acre, deputado Geraldo Pereira, afirmou que a matriz do mensalão está no PSDB.

“A matriz do problema está no PSDB. Inclusive, o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso disse hoje que a Justiça começou a ser feita e vai chegar até ele”, completou Pereira.

O petista lembrou que vários deputados federais do Acre perderam o mandato na escandalosa história da venda de votos para a reeleição de Fernando Henrique. “Mas se alguém vendia alguém comprava. Não pode haver corrupto sem corruptor. Como o PSDB quer dar lição de moral?”, questionou pereira.

Com relação ao mensalão, Pereira lembrou que o esquema teve início na campanha eleitoral do candidato Eduardo Azeredo ao governo de Minas Gerais pelo PSDB. “No caso do PT houve celeridade e foi julgado, mas por que não foi julgado em tempo o primeiro caso que é o tucanoduto mineiro? Aí vem o líder do PSDB dar lição de moral, de ética! Sinto muito, mas o PSDB não pode falar de ética na política. É o cúmulo do absurdo. O PSDB deve satisfações ao povo brasileiro”, afirmou Pereira. De acordo com o deputado, se a justiça está sendo feita deve chegar até o PSDB sob pena de confirmar que o julgamento do mensalão foi um julgamento político.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*