Thumb Elson2014

PEN não emplaca vice de Tião e já tenta suplência do Senado

Elson Santiago, presidente da Aleac, está na disputa

A formalização da pré-candidatura de Nazaré Araújo(PT) à vice governadora do Acre, desfez todo o clima de expectativa que havia entre vários partidos e lideranças da Frente Popular. Até a semana passada, quando o nome dela foi escolhido mas ainda não havia sido oficializado, ainda existiam especulações sobre possíveis pretendentes à vaga.

O Partido Ecológico Nacional era uma das legendas interessadas na vaga de vice da chapa de Tião Viana. Chegou a lançar nomes como o do presidente da Assembléia Legislativa, deputado Élson Santiago, e o do deputado Jamil Asfury, que mesmo preterido, parabenizou a escolha.“ Essa indicação é natural que seja do governador, eu entendo que se é uma decisão dele eu penso que há uma importância nisso, então temos que respeitar”, afirmou Jamil Asfury

Já o presidente da Assembléia, também preterido da vaga de vice-governador, agora é cotado para ser o suplente do candidato ao Senado da Frente Popular, que ainda nem foi escolhido. Seu nome também é apontado como possível coordenador da campanha do governador Tião Viana na região do Juruá. Tudo isso se ele não for disputar a reeleição para deputado. “Para onde o meu partido disser que eu tenho que ir, eu sou um soldado e irei”, declara Elson Santiago

Dos atuais seis deputados estaduais do PEN pelo menos quatro estão dizendo que vão disputar a reeleição. O partido quer se manter com a maior bancada da ALEAC, MS também poderá lançar uma candidatura á Câmara Federal, ou ficar com a suplência de senado. Tudo vai depender de como ficará o cenário político daqui pra frente. “O problema principal é a questão da suplência de senado. Nós vamos reunir o partido e discutir quem representara o PEN dentro das composições”, declara o professor Coelho, que faz a articulação institucional do PEN.

Deixe uma resposta