Banner PerpetuaMaio2014

Perpétua chora ao comentar desabafo de ex-seringueiro

Deputada federal culpa adversário político

A Deputada Federal Perpétua Almeida se emocionou ao comentar o desabafo do soldado da borracha em entrevista ao Agazeta.net. O ex-seringueiro disse ser uma mixaria a indenização aprovada no Congresso. A parlamentar acredita que o aposentado foi ensaiado pra falar.

Em sessão solene realizada nesta quarta-feira (14) no Congresso Nacional, para promulgar a Emenda Constitucional que trata do pagamento da indenização única de R$ 25 mil aos soldados da borracha, o ex-seringueiro Belizário Costa, de 96 anos, fez um discurso que causou constrangimento aos parlamentares, principalmente à deputada Federal Perpétua Almeira (PCdoB /AC). O aposentado criticou duramente o valor da indenização.

Nesta quinta-feira (15), a deputada comentou as declarações que repercutiram pelo país e se emocionou. Para Perpétua, as falas do aposentado foram ensaiadas e tinham tom político, com objetivo de prejudicá-la. Segundo ela, através de um pedido do deputado federal Gladson Cameli, opositor político da deputada,  uma senadora do PP concedeu a palavra para Belizário da Costa, com o tempo disponível para o partido. “Uma pessoa que não me conhece que é de outro Estado dizer que eu traí meu pai? Pareceu um jogo muito combinado”, disse.

Perpétua concorda que o valor da indenização é baixo e não é a quantia que os soldados da borracha desejavam, mas, para ela, é importante receber logo o que o governo oferece, para que os  combatentes do seringal sejam beneficiados ainda em vida. “Quando eu cheguei no Congresso ainda existiam 50 mil soldados da borracha, 12 anos depois só tem 12 mil. Eles querem receber esses R$ 25 mil, por que eu não iria fechar um acordo desse”, questiona.

Deixe uma resposta