perpetua15092014

Perpétua defende direitos da mulher

Perpétua defende direitos da mulher

A candidata ao Senado pela frente popular do Acre, em agenda nessa segunda-feira, 15, defendeu os direitos e participação da mulher na política. Com reconhecidas conquistas na defesa das políticas públicas em favor das mulheres e da igualdade de gênero, Perpétua participou ativamente da campanha do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) “Mulheres na Política”.

“A representatividade da mulher no parlamento é de menos de 10%, segundo uma pesquisa do TSE e precisamos mudar isso. Compartilhei a minha história de mais de 14 anos de vida pública em alguns municípios para estimular as mulheres, cheias de força e garra, a brilharem também na política, lutando pelos seus direitos”, destaca a candidata.

Perpétua também encorajou mulheres a denunciar a violência doméstica e deu grande contribuição para implantação da Vara de Combate a Crimes Domésticos no Acre. A iniciativa trouxe bons resultados. “Criar uma instância especial para penalizar os agressores foi um pequeno, mas valioso passo”, declarou.

A candidata lutou ainda pela aposentadoria especial para mulheres policiais no Brasil, que garante menor tempo para aposentadoria das mulheres que se dedicam a este perigoso ofício, além de criticar abertamente a desigualdade salarial que ainda existe no Brasil. Em média, elas têm rendimentos 34% menores, de acordo com pesquisa da Confederação Sindical Internacional. “Rendimentos iguais significa que a democracia é respeitada no país”, comenta.

Uma de suas importantes conquistas pela saúde da mulher veio com sua indicação ao Poder Executivo sugerindo que o Sistema Único de Saúde (SUS) oferecesse gratuitamente a vacina contra o vírus HPV e realizasse campanhas nacionais de vacinação contra o câncer de colo de útero. “Cerca de quatro mil mulheres morrem vítimas do tumor de colo de útero no Brasil e são registrados mais de dezenove mil novos casos da doença todo os anos. Não poderíamos ficar alheios a isso”, finaliza.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*