090519-wanderley-dantas 410 305

Pesquisa também ouviu opinião sobre gestão de Socorro Neri

Situação de buracos na cidade piorou na opinião de 64%

A pesquisa Realtime Bigdata, encomendada pela TV Gazeta, também fez a avaliação da gestão municipal em Rio Branco.

O resultado foi o seguinte, 5% dos entrevistados responderam que a gestão de Socorro Neri é “ótima”, 23% responderam que é “boa”, 32% disseram que a administração da prefeita é “regular”, 10% avaliaram que é “ruim” e 26% entendem que a gestão é péssima, não souberam ou não responderam 4% dos entrevistados.

Na avaliação pessoal da prefeita, 2% entendem que ela tem um desempenho “ótimo”; 9% acham que ela tem um desempenho “bom” e 36% “regular”. Para 11% dos entrevistados, a prefeita tem avaliação “ruim” e 28% tem avaliação pessoal “péssima” da prefeita. Não souberam ou não responderam 14% dos eleitores.

A aprovação de governo mostra o seguinte quadro. 37% dos entrevistados “aprovam” a administração de Socorro Neri. 56% “desaprovam”. Não sabem ou não responderam, foram 7% dos entrevistados.

Na opinião de 780 entrevistados, a área da saúde melhorou para 19%. Para 36% dos eleitores, a saúde permaneceu igual. Para 38%, a situação “piorou”. Não souberam ou não responderam 7% dos entrevistados.

Na educação, 23% consideram que a educação “melhorou”. “Permaneceu igual” foi avaliado para 40%. Para 28%, a educação piorou. Não souberam ou não responderam 9% dos entrevistados.

O transporte coletivo melhorou ou piorou? Para 13% “melhorou”; 40% entenderam que o transporte “permaneceu igual”. “Piorou” para 37% dos eleitores. 10% não souberam ou não responderam.

A iluminação pública “melhorou” para 20% dos eleitores. 34% dos eleitores acham que a infraestrutura “permaneceu igual” e piorou para 45%. Não soube ou não respondeu 1% dos entrevistados.

Buracos nas ruas da cidade foi outro assunto abordado na pesquisa. 17% entendem que a prefeitura melhorou e diminuiu o número de buracos na cidade. Para 15% os buracos “permanecem iguais”. Mas para a maior parte, 64%, “piorou”. Não souberam ou não responderam 4%.

O trânsito da capital melhorou para 18% dos eleitores. 43% entendem que o trânsito permanece igual. E para 35% piorou. Não souberam ou não responderam 4%.

Limpeza urbana melhorou ou piorou. 33% disseram que a limpeza na cidade “melhorou”. 44% consideram que a limpeza na capital “permanece igual”. 21% piorou a limpeza. Não souberam ou não responderam 2%.

Geração de emprego e renda também foi outro tema abordado na pesquisa. para 5% dos eleitores, a geração de emprego e renda melhorou. 29% entendem que a política de geração de emprego e renda permaneceu igual. 63% responderam que a situação piorou. Não souberam ou não responderam 3%.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*