thumb anibaldiniz

Petrobras garantiu que vai participar do leilão em novembro, afirma senador

Aníbal oposição por interferências nas obras na BR-364

“Sempre apoiei Marina durante as campanhas eleitorais que ela venceu”, foi com esta frase que o senador Aníbal Diniz(PT) iniciou participação no ‘Gazeta Entrevista’ na noite de quinta-feira, 17. Ele não poupou elogio a mais nova filiada do PSB.

Para Diniz, a ex-senadora acreana é um símbolo. Sem a viabilização da Rede, ele aprovou a ida de Marina para a sigla. Mas fez ressalvas: “acredito que Eduardo Campos é tão pragmático quanto outros políticos. Se for só para ela apoiar, fez escolha errada”, argumentou.

Questionado sobre a exploração de gás e petróleo no Acre, o senador afirmou que está confirmado o leilão em nove blocos no fim de novembro. “O desafio é garantir que grandes empresas participem do leilão. Fizemos esse apelo a Petrobras”, disse.

Segundo Aníbal, a diretoria da estatal petrolífera tem interesse em instalar-se no estado. Outro desafio é construir o linhão de transmissão de energia elétrica até Cruzeiro do Sul. Por ano, R$ 166 milhões são gastos no fornecimento de eletricidade em três municípios da região.

Aníbal Diniz também fez críticas aos deputados federais Antônia Lúcia(PSC) e Flaviano Melo(PMDB) por criarem dificuldade ao andamento das obras da BR-364. Uma CPI chegou a ser cogitada e cópias de contratos desde 1999 foram pedidos.

Ao fim da entrevista, o senador acreano falou que uma empresa venceu licitação para construir a ponte do Madeira. Aníbal torce para que desta vez as obras saiam do papel. Já em relação a volta antigo do fuso, o parlamentar acredita que até novembro, o horário tenha sido restabelecido no estado.

Deixe uma resposta