thumb camarabrasilia

Piso salarial dos agentes de saúde deve ser votado terça

Votação da proposta foi antecipada na Câmara

A proposta que define o piso salarial dos agentes comunitários de saúde e de combate a endemias é o destaque do Plenário nesta terça-feira, 6. O presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves, havia prometido a análise da matéria para os dias 13 e 14 de maio, mas decidiu reservar esses dias para a Proposta de Emenda à Constituição do orçamento impositivo, antecipando o debate sobre o piso salarial. O acordo entre os líderes partidários inclui não obstruir os trabalhos.

O valor do piso ainda está indefinido. Atualmente, o governo federal já repassa um total de R$ 950 por agente, mas parte desse valor é usado pelos municípios para pagar encargos previdenciários e trabalhistas.

O último valor defendido pelos agentes é de R$ 905, que seriam reajustados anualmente nos mesmos moldes do salário mínimo. Entretanto, o governo federal não quer arcar sozinho com o aumento do custo total ocasionado pela definição do piso. A matéria será analisada após uma comissão geral, que ocorrerá das 14 às 16 horas desta terça-feira, com a finalidade de discutir assuntos relativos à classe trabalhadora.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*